Convento de Sandelgas

Dados do Património
Nome: Convento de Sandelgas

Erguido no Baixo Mondego no século XII, abraçou as religiosas da Terceira Regra de S. Francisco de Assis. A transferência para Sandelgas ocorreu em 28 de Maio de 1961 utilizando algumas barcas: a primeira estava reservada para a Madre abadessa e mais Madres da Ordem, a segunda para o Padre Provencial e Ministros da Justiça, a terceira para as religiosas, à qual se seguiam outras com pessoas seculares. Com elas levaram a Cruz de Cristo e uma imagem de Nossa Senhora de Campos. 
O novo edifício de planta rectangular, encontrava-se rasgado por múltiplas janelas e portas que contribuíram para dar vida à fachada, evitando a monotonia. Da severa modéstia arquitectónica do edifício - o que aliás ia de encontro da pobreza franciscana - ressalta o portal da igreja, surgindo como uma espécie de hino de glória à pedra de Ançã, remontando ao terceiro quartel do Sec. XVII.
No meio do frondoso bosque de cedros, não muito longe do convento, alguns degraus permitem o acesso à chamada "fonte das freiras" situada abaixo do nível do solo. 
A poucos metros, ergue-se a "fonte de S. João" na qual um nicho com colunas jónicas abriga a escultura do Santo em pedra de Ançã. Decoram a parede da fonte, azulejos xadrezados do século XVII.